Não estou ganhando o dinheiro prometido pelo franqueador!


Algumas franquias trabalham com promessas de ganhos.

Mas e se eu não atingir esses resultados, o que faço? Quem se responsabilizará pelo meu prejuízo?

Diferente do que costumo fazer, hoje vou dirigir meu blog aos franqueadores. Assim, os franqueados que têm essa dúvida poderão fazer uma análise do seu franqueador e saber se eles procedem dessa forma ou não.

Resposta à pergunta: DEPENDE!

Mas depende de quê, exatamente?

Depende da correta "manualização" dos procedimentos do franqueador.

Se o o franqueador tem manuais que contemplam dimensionamento de equipe, correta escolha de ponto, aprovação de ponto por parte do franqueador, treinamentos de vendas, visitas periódicas, laudos das visitas periódicas assinadas pelo franqueado vistoriado e pelo franqueador, etc, etc etc, e tudo isso nos mínimos detalhes, e você, franqueado, não cumpriu com o que está previsto nesses manuais, você terá poucas chances de ganhar qualquer medida judicial contra seu franqueador.

Se a situação for diversa e você cumpriu com todos os requisitos, inclusive detém os laudos de vistoria ,conforme previsto nos manuais, e todos eles aprovam sua conduta, seu franqueador poderá ser sim responsabilizado pelo seu investimento. (Somente se houver promessa)

Então, a dica de hoje vai para queles que têm franquias ou que pretendem franquear seus negócios existentes:

1- Nunca prometa números com base no retorno das melhores unidades. Afinal, você deve indicar o tempo médio de retorno do investimento na sua COF. Não tente usar isso como argumento de venda da unidade, porque essa valor pode variar muito de região para região, franqueado para franqueado.

2- Tenham manuais para todos os processos e procedimentos, que dimensionem (de maneira justa, considerando os aspectos regionais) toda a operação do franqueado, número de funcionários, estoque, capital de giro, investimento em marketing, estratégias utilizadas em cada momento do ano, etc e etc.

Se você é franqueado e sente-se prejudicado, mesmo tendo atendido cada solicitação do seu franqueador, então você deve ter comprado uma franquia bastante "comercial".

As franquias "comerciais" tendem a deixar seus números mais bonitos para vender mais praças.

Cuidado!

Pois


Lucas Costa - Advogado, professor, consultor e franqueado.
foto site.jpeg