Comprei a franquia errada, e agora?

Recebo, quase que diariamente, comentários e questionamentos de pessoas que compraram a franquia errada, e a pergunta é sempre a mesma: o que faço agora?


Bom, primeiro lugar você precisa entender se, de fato, você comprou a franquia errada ou se não é só uma questão de gestão. E isso é muito fácil de identificar, vou te ensinar agora como.


Para identificar se é só um problema de gestão você precisa falar com OUTROS FRANQUEADOS da rede e descobrir se suas dores são semelhantes. Procure franqueados de sucesso dentro da rede e descubra o que eles têm feito. Se eles existem na rede, você também pode ser um franqueado de sucesso!


E veja bem, você precisa falar com o FRANQUEADO de sucesso, e não com seu franqueador. Infelizmente, muitas franqueadoras mentem, dizem que "fulano está indo bem, ganhando dinheiro", e usam esses "exemplos" somente para dizer que quem está errado é você, franqueado. Então é crucial que você fale com o franqueado, aliás, com franqueadoS, com o maior número de franqueados possível.


Se você identificou que a grande maioria dos franqueados está indo mal e que todos sofrem com os mesmos problemas, então sinto te informar, mas essa é a confirmação de que você comprou uma franquia errada.


Não ter lucro, somente e sem qualquer outro vício de serviços da franqueadora, não significa que sua franquia seja ruim. Preciso que você entenda isso muito bem, porque não ter lucro não é algo que invalide seu contrato.


Agora, se sua franqueadora falha de maneira sistêmica, então você está no lugar errado mesmo, e precisa fazer alguma coisa.


Então, o que fazer?


Comece a formalizar todas as suas reclamações e problemas com sua franqueadora.

E guarde bem a evidência de que você apontou os problemas, de preferência através de e-mails. Cuidado com e-mails corporativos, pois muitos franqueadores, com os quais negociei, simplesmente encerraram a conta de e-mail e o franqueado ficou sem nenhuma prova das suas reclamações.


Evite reuniões e conversas por telefone. Sempre que desligar o telefone, avise o franqueador que você irá formalizar o combinado por e-mail e que somente após a confirmação passará a valer o combinado.


Se isso não induzir seu franqueador a agir de maneira mais profissional, então sinto muito. Contrate um advogado e tente a rescisão do seu contrato.





Lucas Costa - Advogado, professor, consultor e franqueado.
foto site.jpeg